A liderança é de interesse de todos nós. A liderança está na família, na comunidade, nas empresas, na vida.

Olá!

❓ Você já pensou se sua equipe estiver realmente comprometida?
❓ Como seria se sua equipe estivesse 100% engajada na sua missão?
❓ Você está disposto a mudar essa situação e fazer a diferença como líder, e levar a sua equipe a um NOVO patamar?
Formar uma equipe de alto desempenho exige do líder alguns conhecimentos fundamentais e muita flexibilidade para lidar com pessoas. Isso porque além de lidar com as diferenças individuais, o líder também terá que lidar com culturas diferentes. Apesar de tanto se falar na necessidade e importância de trabalhar em equipe, ainda vivemos numa cultura em que o aprendizado é individual e as experiências de vida também são individuais.

Continuar lendo

O líder que "faz acontecer"!

Cada vez com mais frequência, as empresas vêm decretando o fim das divisórias em seus escritórios, com o objetivo de integrar os funcionários num ambiente menos formal e mais transparente. O estímulo ao trabalho em conjunto, contudo, deve obedecer a alguns critérios. O primeiro passo consiste em estabelecer metas e objetivos claros a serem cumpridos pelo grupo ao longo de determinado período. O líder tem a missão de inspirar, incentivar, cobrar e viabilizar as boas ideias.
Continuar lendo

FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORES INTERNOS

O Brasil é um dos países menos produtivos do mundo. Temos um problema cultural de não investir na nossa força de trabalho. E isto impacta diretamente na produtividade. Na visão das empresas, o investimento no treinamento e desenvolvimento de suas equipes, não é investimento, é gasto. É uma pena… pois já está comprovada. Quanto mais você capacita, quanto mais você treina seus colaboradores, mas eles se tornam produtivos. Nossa cultura corporativa precisa ser repensada e revista em alguns aspectos.
Continuar lendo

CURSO – GESTÃO DE PESSOAS EM ORGANIZAÇÕES DE SAÚDE

Uma empresa pode ter a melhor tecnologia, mas se não tiver uma equipe unida e comprometida com o negócio, não será possível alcançar as metas e os objetivos organizacionais. Gerenciar Pessoas é um desafio em qualquer ambiente profissional, mas em organizações de saúde, as emoções podem exercer uma influência maior.
Por isso o gestor precisa aprender a lidar com as próprias emoções e com as emoções de sua equipe, para extrair o melhor de cada um. Instituições de saúde no mundo todo, estão carentes de gestores emocionalmente competentes. Não basta ter só conhecimento técnico, mas é preciso também saber lidar com as pessoas, que são cheias de sentimentos e emoções.
Continuar lendo