Nossa força de trabalho é a menos produtiva do mundo ☹️

O Brasil é um dos países menos produtivos do mundo. Temos um problema cultural de não investir na nossa força de trabalho. E isto impacta diretamente na produtividade. Na visão das empresas, o investimento no treinamento e desenvolvimento de suas equipes, não é investimento, é gasto. É uma pena… pois já está comprovada. Quanto mais você capacita, quanto mais você treina seus colaboradores, mas eles se tornam produtivos. Nossa cultura corporativa precisa ser repensada e revista em alguns aspectos.
Continuar lendo

Minha dica de ouro…

Comecei a trabalhar muito jovem, com 15 anos atuava como secretária, aos 17 assumia funções de liderança, aos 21 iniciei a carreira de consultora, palestrante e treinadora. Nestes primeiros anos de experiência aprendi que a diferença está em suas atitudes diante de situações de crise. “Puxar a responsabilidade pra si”, é algo difícil de ver na maior parte dos profissionais. Então, quer fazer a diferença? Siga estas dicas:
Continuar lendo

FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORES INTERNOS

O Brasil é um dos países menos produtivos do mundo. Temos um problema cultural de não investir na nossa força de trabalho. E isto impacta diretamente na produtividade. Na visão das empresas, o investimento no treinamento e desenvolvimento de suas equipes, não é investimento, é gasto. É uma pena… pois já está comprovada. Quanto mais você capacita, quanto mais você treina seus colaboradores, mas eles se tornam produtivos. Nossa cultura corporativa precisa ser repensada e revista em alguns aspectos.
Continuar lendo

Maiores problemas encontrados em Hospitais e Clínicas

As organizações de saúde enfrentam hoje muitas dificuldades para lidar com a gestão do seu negócio. Principalmente as pequenas organizações. Demora no atendimento, reclamações de pacientes, desmotivação dos funcionários, custos elevados e problemas de comunicação são fatos recorrentes em clínicas e consultórios. Hoje, a boa gestão é o que torna o negócio bem-sucedido.
Continuar lendo

CURSO – GESTÃO DE PESSOAS EM ORGANIZAÇÕES DE SAÚDE

Uma empresa pode ter a melhor tecnologia, mas se não tiver uma equipe unida e comprometida com o negócio, não será possível alcançar as metas e os objetivos organizacionais. Gerenciar Pessoas é um desafio em qualquer ambiente profissional, mas em organizações de saúde, as emoções podem exercer uma influência maior.
Por isso o gestor precisa aprender a lidar com as próprias emoções e com as emoções de sua equipe, para extrair o melhor de cada um. Instituições de saúde no mundo todo, estão carentes de gestores emocionalmente competentes. Não basta ter só conhecimento técnico, mas é preciso também saber lidar com as pessoas, que são cheias de sentimentos e emoções.
Continuar lendo